Special Feature
Recent News
São Caetano 1 x 1 Oeste - Empate, atuação e fase de quem merece subir! PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Qui, 26 de Março de 2015 09:53

O clube de Itápolis aumentou sua invencibilidade para 11 jogos, sendo oito vitórias e três empates

 oeste123

São Caetano do Sul, SP, 25 (AFI) – O Oeste mostrou, mais uma vez, que é um dos grandes candidatos ao acesso no Campeonato Paulista da Série A2. Em confronto direto, o Rubrão arrancou um grande empate com o São Caetano, por 1 a 1, na tarde desta quarta-feira, no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela 12ª rodada.

O clube de Itápolis aumentou sua invencibilidade para 11 jogos, sendo oito vitórias e três empates. O time chegou aos 27 pontos e garantiu sua permanência no G4 até o final da rodada. Já o Azulão continua oscilando e soma 22 pontos, em meio ao “bolo” que disputa as últimas vagas do G4.

AZULÃO NA FRENTE
Como já era de se esperar, o São Caetano começou buscando mais o ataque, após a derrota na rodada passada. Tranquilo na liderança, até o início da rodada, o Oeste entrou em campo mais cauteloso e procurou estudar mais o adversário, para arriscar-se apenas nos contra-ataques.

O melhor futebol no início do jogo premiou o Azulão, aos 14 minutos. O meia Xuxa cobrou falta para a área e o zagueiro Júnior Alves dividiu com o goleiro Ricardo. A bola sobrou nos pés do meia Neto, que bateu mal. Por sorte, o atacante Diogo Acosta ficou com a sobra e completou para as redes.

Os donos da casa poderiam ter ampliado, aos 19 minutos, não fosse a falta de pontaria do atacante Wesley. O lateral Ângelo fez bela jogada pela direita e tocou para o jogador, que acabou mandando para fora. Uma chance de ouro desperdiçada.

RUBRÃO CRESCE
O que o time do ABC paulista não esperava era perder a dupla de zaga, Júnior Alves e Sandoval, após um choque de cabeça. A equipe sentiu a saída de ambos e viu o Oeste crescer nos minutos seguintes. Ainda assim, os visitantes não conseguiram chegar ao empate.
A melhor oportunidade do Rubrão na primeira etapa aconteceu aos 28 minutos. O meia Wangler bateu escanteio e o zagueiro Daniel Gigante desviou. A bola ficou com o meia Waguininho, que finalizou para grande defesa do goleiro Samuel. Na sequência, o lateral Bruno Recife afastou.

PODERIA SER PIOR
Na segunda etapa, o Oeste continuou melhor, embora já sem o mesmo domínio do final do primeiro tempo. Aos 11 minutos, saiu o gol de empate. O volante Wagner Carioca cobrou escanteio na cabeça do atacante Cristiano. Ele subiu entre o William Mineiro e o volante Leandro Carvalho para desviar.

A virada poderia ter acontecido aos 28 minutos. Waguininho roubou a bola e chutou na trave. No rebote, quase o atacante Júnior Negrão marcou o segundo. Na etapa final, o Azulão praticamente não jogou. Estranhamente o time “sumiu” após as saídas de Júnior Alves e Sandoval, e por pouco não saiu derrotado.

PRÓXIMOS JOGOS
No próximo sábado, às 15 horas, o São Caetano volta a campo pra enfrentar o Guaratinguetá, no Estádio Bruno Lazzarini, em Leme. Enquanto isso, o Oeste joga contra o Água Santa, no mesmo dia, às 16 horas, no Estádio dos Amaros, em Itápolis.

 

Adicionar comentário

Os comentários são aprovados após análise.


Código de segurança
Atualizar

Nossos Patrocinadores

miro-bordados

dream2

 

 

Facebook Oeste-FC

Facebook